quarta-feira, 10 de abril de 2013

Mais esclarecimentos

Hoje é mais uma noite de insônia. Hora de escrever. Mais respostas a alguns questionamentos que quem esteja lendo esse blog possa ter.

1. Sou meio antiquada e conservadora em relação a alguns pontos. Para alguns pode não fazer sentido nenhum, pode ser só uma parte do sentido, pode ser uma ofensa, pode ser algo a ser ferrenhamente condenado, mas para mim o binômio de gênero homem-mulher ainda faz sentido. Não digo com isso que sou complacente com o establishment atual desta divisão, em que um lado do binômio (homem) tenta se impor ao outro (mulher), apenas digo que são duas facetas de gênero equidistantes.

2. Não me sinto uma ativista do meio trans. Me sinto ativista de mim mesma.

3. A terminologia e sua discussão são interessantes para quem quer fazer um estudo profundo, acadêmico, da questão de gênero. Porém de um ponto de vista prático, como faço para explicar a um(a) transgêner@ do tipo mais comum, @ de baixa renda, o que é detalhadamente "cis-heteronormatividade"? Neste caso, prefiro pecar pela falta a pecar pelo excesso.

4. Vocês não me verão colocando um asterisco depois de trans, pois acho um símbolo completamente desnecessário, assim como não vou ficar me identificando como do sexo "x", pois tenho já concebido em minha mente que pertenço ao gênero feminino, ou seja, não sou dual, não fico em cima do muro. Assumi a minha identidade de gênero e como tal vou me identificar.

5. NÃO ME AUTOMEDICO! Faço acompanhamento psiquiátrico e tomo remédios controlados, que afetam o meu organismo, e principalmente os meus níveis hormonais. Após longa espera, dois meses para ser mais exata, comecei a fazer acompanhamento específico para a transexualidade no CRT de São Paulo, e só começarei a me medicar conforme orientação médica adequada. Pode dizer que o SUS demora, mas ele está aí para ser usado.

6. Vou criar vergonha na cara e colocar marcadores nos posts, pra busca ficar mais rápida.

7. Posto uma foto minha sem maquiagem, apenas alguns retoques tecnológicos rsrs Estou num estado de espírito aceitável esta noite.


Um comentário:

L'yppeh Pyereaux disse...

Minha melhor amiga da vida, meu maior orgulho. Incentivo do meu viver!